Seco

Limpo meus olhos / não quero matar a sede deste solo / aos poucos vou sendo erguido / alguém me chama lá em cima / sinto o calor em meu rosto / a umidade parece distanciar-se / limpo minhas feridas / sangrarei novamente, eu sei / mas não aqui / não agora / então aos poucos absorvo a queda / alguém soprou uma esperança.